sexta-feira, 6 de julho de 2012

Por que existem tantas versões do Pé Grande?


Os EUA não são o única país com lendas de um grande macaco bípede rondando florestas misteriosas. Rússia, Austrália, Tibete e Canadá são apenas alguns dos países que têm suas próprias histórias e lendas sobre o Pé Grande.

Na Austrália, os aborígines contam histórias sobre um macaco hominídeo conhecido localmente como o Yowie. Na Rússia há contos do Yeti (ou Alma), que vive nos desertos frios da Sibéria, semelhante ao Yeti que é dito a viver nas montanhas do Himalaia.

Há realmente várias espécies diferentes de Pé Grande desconhecidos em várias partes do mundo? Se não, então como é que esses mitos se propagam tão longe e onde eles se originam?

Mais de um quarto dos americanos acreditam em Bigfoot. Eles afirmam que este macaco lendário seria um "parente perdido há muito tempo" dos humanos, no qual procura se manter escondido em áreas remotas da floresta.

Embora possa parecer estranho pensar que um mamífero de 7 metros de altura poderia passar despercebido por tanto tempo, a ideia é geralmente generalizada.

Embora ninguém saiba ao certo como as várias lendas se iniciaram, elas parecem ter surgido de forma independente em cada cultura ao invés de serem transmitida por viajantes ou por meio do comércio, disse Benjamin Radford, editor adjunto da revista Skeptical Inquirer e autor de três livros sobre mitos e mistérios.

A maioria dos mitos remontam muito mais do que os anos 1950, quando o explorador Eric Shipton fotografou o que ele considerou ser pegadas do "abominável homem das neves" no Monte Everest.

"Enquanto o famoso abominável homem das neves apresentava fotografias da neve … essa duvida levou o interesse a nível mundial sobre criatura, que não chegou a criar o animal, mas sim pela primeira vez oferecia evidências, uma tentadora proposta para explicar as lenda regionais", disse Radford.

Mas a existência de tantos mitos de "homens selvagens" não necessariamente contam como evidências de que realmente temos primos selvagens lá na floresta. Em vez disso, os mitos podem se derivar do mesmo aspecto da psique humana: o desejo e fascinação com um “outro”.

"A ideia de um selvagem, homem como criatura, co-existindo com nós, está além da nossa compreensão e é fortemente enraizada nas mitologias." disse Radford.

fonte: Arquivo UFO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...